Bico de Papagaio ou Osteofitose

Bico de Papagaio é um tipo de artrose que geralmente afeta pessoas com mais de 50 anos, se tratada corretamente e a tempo pode ter queda significativa nas dores e melhora na capacidade funcional e na qualidade de vida do paciente. O tratamento pede uma readaptação postural, para que o quadro não avance e para que a pessoa não sinta mais dor. Mas não tem como recuperar a cartilagem perdida. Os médicos denominam a doença como osteofitose.

O disco invertebral é uma estrutura de forma ovalada constituído de 2 partes: a parte central chamada NÚCLEO PULPO- So formado por proteínas em estado gelatinoso e com grande quantidade de água; e a parte externa chamada de anel fibroso formado por fibras que tem grande resistência as cargas de torsão, inclinação e compressão. O disco age como um amortecedor inteligente entre as vértebras distribuindo as cargas e está constantemente sobre pressão. No decorrer da nossa vida os discos principalmente os da coluna cervical e lombar se desgastam podendo ou não se romperem. Quando se rompem surge a hérnia de disco; quando somente se desgastam eles ficam mais secos pois se desidratam, com este processo eles perdem altura, permitindo que os corpos vertebrais fiquem mais próximos uns dos outros. Esta proximidade pode produzir a compressão de nervos, levando ao aparecimento de dor nas costas. Acredita-se que a artrose pode ocorrer através da hereditariedade, de anomalias nas células, de alterações metabólicas, traumatismos e fatores mecânicos. O bico de papagaio ou osteofitose na verdade é um tipo de artrose.

Artrite e Artrose

Tudo sobre Bico de Papagaio

O osteofito é uma formação óssea anormal, produzida na proximidade das articulações das vértebras, que traz como consequência dores fortes na região afetada e limitações de movimentos. Mais conhecida como “bico de papagaio”, a osteofitose atinge principalmente pessoas acima de 50 anos.

 

 

Toda vez que uma articulação sofre uma sobrecarga de peso a superfície articular aumenta para diminuir a pressão sobre o joelho, por exemplo. Isso também acontece como conseqüência da má postura. O bico de papagaio é uma formação óssea do organismo para absorver melhor a sobrecarga da articulação. Nos exames de raio-X é possível perceber que essa formação óssea parece com o bico de um papagaio, o que explica o seu nome popular. “Essas articulações deformadas são o resultado de uma ausência completa da cartilagem que funciona como amortecedor entre os ossos. Com o tempo, isso gera más formações que podem ser visíveis ou palpáveis. A presença de bico de papagaio significa a presença de uma artrose.

 

Dores fortes, sensação de queimação nas costas e incômodo são frequentes entre aqueles que têm bico de papagaio.

A deformação óssea pode reduzir os movimentos das articulações, gerar desequilíbrio na distribuição do peso e sobrecarga na coluna, deixando articulações, tendões e ligamentos sob tensão excessiva, causando muita dor. As causas mais comuns da doença, são o sedentarismo, a má postura, a falta de cuidados com a coluna e o sobrepeso, além de fatores genéticos. “Cuidar da postura é fundamental. Dormir de bruços, por exemplo, pode causar o bico de papagaio. O tratamento prevê a readaptação postural e a prática de RPG traz excelentes resultados. Aquele que sofre de bico de papagaio deve procurar um especialista e começar seu tratamento o quanto antes, pois as chances de melhorar são grandes”.

Bico de papagaio pode causar dores fortes.

 

Bico de papagaio é uma doença chamada osteofitose.

Veja a imagem ao lado.

A) Bico de Papagaio.
B) Disco degenerado + diminuição do espaço intervetebral.

Nas radiografias ou tomografias a imagem da artrose aparece como pequenas saliências ósseas que são os BICOS DE PAPAGAIO.

Estes aparecem nas FACETAS ARTICULARES e nos CORPOS VERTEBRAIS. Estas alterações juntamente com as degenerações ou desgaste dos discos intervertebrais são as grandes causas das DORES NAS COSTAS ou pelo menos o seu fator desencadeante mais comum.

Na verdade os “bicos de papagaio” são uma forma de proteção do nosso organismo na tentativa de estabilizar a coluna vertebral.

Com o desgastes das articulações da coluna, acabam ocorrendo “folgas” na coluna, essa instabilidade faz com que o nosso corpo forme osso na tentativa de segurar a coluna na sua anatomia correta, em uma tentativa de criar estabilidade.

Sendo assim, o bico de papagaio, ou melhor, o osteófito como é conhecido pelos médicos, não é o grande causador das dores na coluna, mas sim a instabilidade e os movimentos anormais, que sobrecarregam a coluna vertebral provocando dor.

 

 

 

tratamento artrite e artrose


 

 

BICO DE PAPAGAIO     TRATAMENTO PARA ARTRITE     REUMATISMO     ARTRITE SINTOMAS     OSTEOARTRITE E OSTEOARTROSE

 

artrite e artrose

Artrite & Artrose www.artriteeartrose.com.br - Revisado em Fevereiro de 2012.

Esperamos que após a leitura deste artigo, caso apresente os sintomas você procure um médico para tratar o bico de papagaio.